Questões de saúde são os principais motivos de acionamento de seguro viagem

 Fonte: Revista Apólice

Questões relacionadas à saúde, como assistência médica e hospitalar e despesas farmacêuticas, são os principais motivos de acionamento de seguro de viagem, segundo levantamento do Itaú com dados das apólices contratadas em 2013. Três em cada quatro acionamentos são feitos por conta de ocorrências de saúde. As questões relacionadas à bagagem, como atraso, danos à mala e seguro de bagagem também são motivos frequentes de sinistro, e já respondem por 21% dos acionamentos.

De acordo com Fernando Teles, diretor da área de seguros da empresa, a crescente contratação e utilização do seguro de viagem pelos brasileiros representa um sinal de amadurecimento e facilidade de acesso ao produto, uma vez que é possível contratá-lo pela internet e pelo mobile, através do aplicativo do banco na internet. "É uma modalidade que está consolidada entre o público, que reconhece cada vez mais a sua importância e necessidade tanto para viagens domésticas quanto internacionais", diz o executivo.

Os brasileiros viajam, em média, dez dias pelo exterior e três pelo Brasil com seguro de viagem vigente. O perfil que mais contrata o seguro da empresa é da faixa etária entre 20 e 40 anos e são moradores dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, seguido pelos mineiros. Outro nicho importante são os idosos, com mais de 60 anos, que representaram 28% do total de contratações em 2013. "Conseguimos este volume por conta da não diferenciação de preço ou cobertura para clientes com idade avançada, público que cada vez mais viaja pelo Brasil e exterior", afirma Teles.

Dezembro foi o mês em que os brasileiros mais contrataram seguro de viagem em 2013, com mais de 10% do total de apólices; em segundo lugar, ficou o mês de julho, com mais de 9,3%.


Categoria: Notícia

Publicado em:

© 1996-2018 Grupo Forster - Todos os direitos reservados! - Administradora e Corretora de Seguros - é mais SEGURO na FORSTER.

by Redbit