RECALL: TOYOTA CHAMA 28 MIL UNIDADES DO COROLLA POR FALHA NO AIRBAG

Consumidores são orientados e não usar o banco do passageiro até que o problema seja resolvido; quem atendeu ao chamado anterior não deve retornar às oficinas

Corolla 2002 (foto) e 2003, nas versões XEi e SEG, passa por recall no Brasil (Foto: Divulgação)

 

A Toyota divulgou hoje (17) mais um comunicado de recall envolvendo o Corolla por falhas no sistema de airbag. Segundo a montadora, o novo chamado envolve os mesmos números de série dos chassis do chamado divulgado em abril deste ano. Dessa vez, no entanto, a quantidade de unidades envolvidas é ligeiramente menor: 28.148, contra 28.964 do chamado anterior. Além disso, quem já atendeu ao recall anterior não precisa retornar às oficinas da marca.Confira a numeração dos chassis envolvidos ao fim do texto.

As unidades relacionadas são das versões XEi e SEG, foram produzidas entre maio de 2002 e agosto de 2003 e podem apresentar um defeito nas bolsas de airbag do lado do passageiro. Segundo a Toyota, isso pode fazer com que a bolsa se abra de maneira inadequada durante um acidente. Assim, há riscos de danos materiais, lesão física ao passageiro, incêndio e lesões graves e fatais, 'em casos remotos'.

O recall comunicado hoje será realizado em duas etapas. A primeira, que começa hoje, prevê que o módulo deflagrador do airbag do lado do passageiro seja desativado. Por isso, será afixada uma etiqueta  no painel do carro para alertar sobre a 'desativação temporária do airbag'. A segunda etapa começa antes de 3 de novembro deste ano e prevê substituição da bolsa do airbag e a reativação integral do sistema.

Por conta do defeito e como ele só será definitivamente resolvido no final do ano, a Toyota pede que os donos de veículos envolvidos no chamado evitem 'utilizar o banco dianteiro do passageiro para o transporte de pessoas, até comparecer a uma concessionária para atender à primeira fase da campanha'.

A Toyota disponibiliza seu site e o número de telefone 0800-703-0206 para esclarecer dúvidas e agendar o atendimento.

Recall global

A falha em airbags de modelos da Toyota é ocasionada por um problema com as peças distribuidas pela Takata Corp. Por isso, modelos da Honda, Nissan e Mazda também já foram afetados anteriormente. Ao todo, mais de 3 milhões de carros vendidos em diversos países já foram atingidos pelo recall.

No entanto, a Toyota também esteve envolvida em outros chamados recentes, inclusive no Brasil. Em abril deste ano, como parte de um recall mundial, a montadora convocou 94.992 unidades dos modelos Hilux, SW4 e RAV4 por conta de um defeito no sistema de acionamento do airbag do motorista. Nessa ocasião, foram convocados mais de 6 milhões de carros de 27 modelos da Toyota em todo o mundo, além de carros de outras montadoras produzidos em parceria com a japonesa.


Categoria: Notícia

Publicado em:

© 1996-2018 Grupo Forster - Todos os direitos reservados! - Administradora e Corretora de Seguros - é mais SEGURO na FORSTER.

by Redbit